top of page

A magia por trás do Saxofone: Aprenda o passo a passo para tocar o instrumento

O saxofone, chamado por muitos também como sax, é um instrumento que derrete o coração dos apaixonados.. Seja por pessoas, pela música, ou pela vida.


O ritmo do jazz é o mais conhecidos pelos encantados nesse instrumento.

Ouvir aquele som saindo do instrumento é como tocar um pedacinho do céu.


Tocar sax é assim tão difícil? Será que é um dom?

Na verdade, para tocar sax, você precisa treinar de verdade e de fato, gostar.


Qual a origem do sax?


Criado por volta dos anos 1840 por Adolphe Sax (por isso o nome), o saxofone é um instrumento relativamente jovem, quando comparado aos outros instrumentos de orquestra. Baseado em vários instrumentos de sopro, como o clarinete e o oboé, Adolphe Sax fez várias experiências até chegar ao resultado que conhecemos hoje.

Por ser um instrumento de origem judaica, sofreu certa censura durante o nazismo na Alemanha e só foi aparecer em uma orquestra pela primeira vez em 1844. Aos poucos foi adotado por bandas militares na Europa – principalmente na França e Bélgica – mas foi no jazz americano que o saxofone encontrou seu lugar ideal e finalmente popularizou-se. A partir daí passou a ser utilizado nos mais diversos estilos musicais, do erudito ao popular, do jazz ao pop, música gospel, dentre tantos outros.

Apesar de construído com liga metálica, o saxofone é um instrumento de sopro que pertence a Família das Madeiras. Essa classificação ocorre pois a produção do som ocorre inicialmente através da vibração de uma palheta feita de madeira.


Conhecendo o instrumento


Composto basicamente por tudel (peça de metal ou madeira e fibra que encaixa no corpo do sax), palheta, boquilha, corpo em si e correia para pendurar o instrumento, o que emite o som é a vibração de uma palheta (geralmente de bambu) presa na boquilha.


Se você quiser ter uma melhor aderência ao apertar os botões do seu saxofone, deve inserir as madrepérolas para melhorar a movimentação dos seus dedos.

Disponível em sete tamanhos (sopranino, soprano, contralto ou alto, tenor, barítono, baixo e contrabaixo) ele ainda apresenta 14 variações de modelos, sendo os mais conhecidos o tenor, soprano, barítono e alto.





COMO TOCAR



1. Pegue um sax emprestado para tocar a primeira vez


Alugue de uma loja de instrumentos ou vá até uma escola de música se você nunca teve contato com o instrumento.



2. Monte o saxofone


Encaixe o tudel (chamado de pescoço, a parte curta e inclinada) na parte de cima do instrumento e aperte o parafuso para prender bem.


Coloque a braçadeira sobre a boquilha e encaixe a palheta entre elas, apertando os parafusos. Finalmente, ponha a correia na parte de trás do instrumento e ao redor do seu pescoço.


Peça ajuda se você nunca montou o instrumento sozinho.


3. Segure o instrumento corretamente


A mão esquerda deve ficar na parte superior e mão direita na parte inferior. Os dedos indicador, médio e anelar da mão direita devem pressionar as chaves de madrepérola, fáceis de encontrar.


O dedo mindinho deve ficar livre para se mover entre as chaves abaixo daquelas. O polegar esquerdo deve pressionar a chave do registro de agudo, enquanto os dedos da mão esquerda pressionam as chaves da madrepérola no topo.



4. Forme sua embocadura


Existem muitas maneiras diferentes de fazer uma embocadura.

Iniciantes são, por vezes, ensinados a colocar os lábios sobre os dentes (como o vovô banguela).


A maioria das pessoas põem o lábio inferior sobre os dentes ligeiramente e descansam os seus dentes superiores sobre a parte superior da boquilha.


Outros ainda pressionam os lábios firmemente sem cobrir os dentes. Cada método produz uma qualidade de som diferente. Toque com o que funciona melhor para você.


É importante selar bem ao redor da boquilha, de modo que, quando você soprar, o ar passe pelo instrumento e não escape pelos cantos da boca. Mas não pressione demasiadamente os lábios.


5. Sem pressionar nenhuma clave, sopre o instrumento


Sem pressionar nenhuma chave, sopre no instrumento. Se você fez isso direito, o som que ouvir será o Dó sustenido (ou o Mi do diapasão). Se você não conseguir produzir um som ou este som saia como um rangido, ajuste a sua embocadura até que o som melhore.


Você também pode tentar tocar apenas a boquilha ligada ao tudel, sem o resto do sax. Às vezes é mais fácil de fazer o seu primeiro som assim. Depois é só fazer a mesma coisa com o tudel conectado ao sax.



6. Toque as demais notas


Pressione a segunda chave de madrepérola com o dedo médio superior (mão esquerda), deixando as outras livres. Esta nota é o (Mi bemol no diapasão).


Pressione a primeira chave de madrepérola com o dedo indicador da mão esquerda. Esta nota é o Si (Ré no afinador).

Pressione a primeira e a segunda chave com o indicador e médio. Isso produz a nota La (Dó no diapasão).


Continue cobrindo as chaves na sequência, enquanto desde a escala. As três chaves superiores pressionadas formam o Sol, estas mais o indicador da mão direita formam o Fá, enquanto estas mais o dedo médio da direita foram o Mi, depois o Re e, então, o , pressionando o dedo mindinho. Você poderá ter um pouco de dificuldade com as notas mais graves no início, mas vai melhorar com a prática.


Pressione a chave do registro de agudo (acima do seu polegar esquerdo) e qualquer das notas que emitir serão elevadas uma oitava acima.

Com a ajuda do manual de dedilhado, estude as notas chamadas “agudíssimas” (acima do Dó oitavado) e as notas mais graves (abaixo do Dó grave, pressionando todos as chaves sem o registro de oitavas), bem como os bemóis e sustenidos. Com o tempo, você será capaz de reproduzir todas as notas que o seu sax pode alcançar.



7. Busque uma música para tocar


Se você está aprendendo para uma banda marcial da escola ou pública, você terá algo definido para aprender, ou seja, as musicas que a banda toca. Caso contrário, visite uma loja de música para comprar partituras e métodos para começar a tocar a partir deles.


8. Pratique com quem entende do assunto


Continue praticando. Com muito trabalho duro e dedicação, você vai ficar cada dia melhor. Você pode se especializar em vários tipos de estilos musicais, como o jazz, o ritmo que faz qualquer um lembrar do saxofone.


VENHA PARA A EM&PM QUE A GENTE TE ENSINA A TOCAR!


Contamos com Aulas Presenciais e Online.


De grande tradição no jazz e na música brasileira, com seu timbre rico e versátil e sua mecânica ágil, o sax executa com facilidade melodias de todos os gêneros de música, para desenvolver a sonoridade, afinação, técnica, leitura e a improvisação, sempre em função do repertório de sua preferência e o aluno pode optar entre os membros da família dos saxofones: o alto, o tenor (os mais comuns) o soprano ou o barítono.




O que você vai aprender:

  • Afinação e Escalas

  • Técnicas de Respiração

  • Qual Saxofone Comprar

  • Ganhar Agilidade

  • Como Usar o Saxofone

  • As notas no Saxofone

  • Embocadura

  • Destravar Mãos e Dedos

  • Ler Partituras

  • Timbre

  • Interpretação

  • Dinâmica de Intensidade

  • Identidade Musical

  • Prática de Orquestra

  • Repertório

E muito mais..



Comments


Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por Tags
Siga-nos
  • Facebook Basic Square
  • YouTube Social  Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
bottom of page